Quarta, 16 Maio 2018 20:30

Ex-aluna IST e graduada UNIFATEA é eleita presidente do Conselho Nacional da AJS

 

Por Milena Coura e Randal Guimarães

Nos dias 5 e 6 de maio, jovens dos quatro cantos do Brasil que formam o Conselho Nacional da Articulação Juvenil Salesiana (CNAJS), se reuniram no Centro de Convenções Israel Pinheiro, em Brasília – DF, para mais uma experiência de protagonismo e vivência da espiritualidade juvenil salesiana (EJS).

Durante a reunião, os conselheiros puderam partilhar um pouco suas realidades inspetoriais; projetos, trabalhos, desafios e conquistas da juventude que dá vida à AJS Brasil. Além de darem continuidade a proposta nacional da AJS para o ano de 2018, elegeram a nova coordenação do CNAJS que entra em vigência até o ano de 2020.

A jovem escolhida para conselheira nacional, representa a inspetoria Santa Catarina de Sena – FMA, no conselho nacional da AJS e é também nossa assessora de Pastoral do Instituto Santa Teresa, Ana Clara Barbosa Caetano. Como se já não nos bastasse a grande felicidade e compromisso de uma jovem, ex-aluna de nossa casa, com tal responsabilidade no meio salesiano, recebemos a notícia de que, nesta última reunião, foi eleita Presidente do Conselho Nacional da AJS!

Ana Clara ficou muito contente com a notícia e quis logo compartilhar conosco.

Entrevista com Ana Clara Barbosa Caetano – ex-aluna do Instituto Santa Teresa e Graduada em Rádio, TV e Internet pelo UNIFATEA (ano de 2015).

Como começou seu trabalho de pastoral?

  • Comecei a fazer parte da pastoral do Instituto Santa Teresa em 2009, ainda como aluna, e participava dos grupos da semana missionária. Segui com o envolvimento na pastoral até o Ensino Médio e, quando ingressei na faculdade, cheguei a estagiar na pastoral do colégio. Dois anos depois de formada pelo colégio, recebi o convite para coordenar a pastoral.

Como surgiu o interesse pelos trabalhos de pastoral?

  • Sou apaixonada por este lugar. A pastoral desperta em você o interesse pela Instituição. E nosso antigo coordenador identificou em mim o protagonismo. E isso me motivou muito.

Quais são os trabalhos desenvolvidos pela pastoral?

  • A pastoral acompanha o jovem. Cria espaços para encontro com eles mesmos, com o outro e com Deus. Estimula o jovem a se firmar como pessoa, construir projetos de vida e desperte o

Como é este relacionamento com os jovens?

  • Crio muitos laços de amizade dentro da pastoral. Estes jovens nunca me deixam sentir envelhecida (risos). É um acompanhamento diário e de muita responsabilidade. Aqui somos uma família.

Como você recebe o título de presidente do Conselho Nacional da AJS?

  • Como diria no filme do “Homem Aranha”: Com grandes poderes, vem grandes responsabilidades (risos). Fico muito feliz por ter sido escolhida como presidente do Conselho Nacional da AJS. Isso me mostra onde cheguei no sentido pastoral, já que isso sempre fez parte do meu projeto de vida. Estou realizada por poder representar minha inspetoria nacionalmente e trazer esta experiência para minha casa que é o Vale do Paraíba. Fico ainda mais feliz de ver pessoas que se apaixonam por este trabalho, assim como eu.

Quais as expectativas para os novos desafios como presidente do Conselho?

  • Ser AJS é se entregar para uma espiritualidade e criar uma intimidade com o ser jovem. É poder vivenciar e beber a nossa fonte de espiritualidade e ainda poder trabalhar de maneira bem produtiva. Com muitas trocas e experiências. É isso que espero neste tempo de vigência.

Qual será seu trabalho e suas responsabilidades?

  • Diante da inspetoria, tenho uma responsabilidade a mais que é fazer a conexão Brasil, onde todo mundo possa fazer a troca de espiritualidade juvenil salesiana. Para isso, temos que abraçar tudo aquilo que vier.

Fale sobre a influência do Instituto Santa Teresa e do UNIFATEA?

  • O Santa Teresa tem total influência na minha vida. Foi lá que aprendi tudo o que sei e no UNIFATEA pude colocar tudo aquilo que aprendi em pratica. Criei autonomia. E sou grata a casa em que vivi os primeiros passos pastorais é o embasamento da minha vida. Esse resultado é o reflexo das experiências positivas que vivi dentro da Instituição.

Estamos orgulhosos pelos passos da nossa ex-aluna, jovem, assessora de pastoral e, agora, presidente do CNAJS! No ano em que a Articulação Juvenil Salesiana (AJS) Brasil completa 20 anos de história, nossa escola recebe um presente e tanto!